Poesias, crônicas, contos e dramaturgia escritas por: Geraldo Bernardo, tendo como cenário o sertão, seus personagens e mitos.


Home » » SOBRE FRUSTRAÇÃO E VITÓRIAS

SOBRE FRUSTRAÇÃO E VITÓRIAS

Escrito por : Geraldo Bernardo em quinta-feira, 3 de agosto de 2017 | 3:37 AM



Poetar para mim é sina.
Minha pena neste mundo
É mergulhar bem fundo
Não em mar azul turmalina,
Mas, no cascalho da mina.
Revirar o rico lixo
Com minha avidez de bicho
Querer escombros reciclar.
Obra que nunca vai findar
E que a tomei por capricho.

Já fui jovem e arrogante
Pensei que pegar o fuzil
Daria um jeito no Brasil.
Hoje é uma ideia distante
Parece até um desplante
Implantar uma ditadura
Pra sair da dita dura.
Ainda bem que minha pena
Dispara bala amena
Menos fere e mais cura.

Já venci o medo e a fome
Desmascarei o preconceito.
Encaro essa dor no peito
Com riso e dou outro nome.
A essa mágoa que carcome
Toda minha cidadania.
Olho irado a vilania
Do jogo insano e impuro
Que fede tal monturo,
E quer impedir nossa ousadia.

Este monstro sujo e feio
Chama-se capitalismo.
Assassino do humanismo,
Alimenta-se do suor alheio
É falso e espalha o aperreio.
Não aprendi ser garimpeiro
Tampouco sou bom guerreiro.
Busco a pedra preciosa
Que tem a poesia e a prosa
E então ser um poeta inteiro.

É uma busca simplória
“Um desejo abobalhado”
Assim já fui achincalhado.
Mas, digo-lhe com glória
Eu posso contar a vitória
Pois já tenho vencido
Neste mundo carcomido
O pecado da enganação
E não carrego a frustração
De ser um sujeito vendido.







Compartilhe este artigo :

Postar um comentário

Obrigado!

Video - Vale dos Dinossauros

Arquivo do blog

Receba atualização via E-mail

Seguidores

Facebook

Quem sou eu

Postagens populares

Tempo Agora

Total de visualizações

 
Suporte : Tradução e Edição | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. Matuto Beradeiro - Todos os direitos reservados
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Tecnologia : Blogger